AVALIAÇÃO PATRIMONIAL CONTÁBILAVALIAÇÃO DE EMPRESAS E APURAÇÃO DE HAVERES EM PROCESSOS JUDICIAIS

MARCELO MONTEIRO PEREZ E DR. RUBENS FAMÁ
Leandro Santos

A Avaliação Patrimonial Contábil baseia-se nas demonstrações financeiras da empresa, ou seja, em seus números contábeis e, através dele, apura-se que o valor da empresa é o valor de seu próprio patrimônio líquido.

Entre os fatores que dificultam a utilização deste método de avaliação, percebe-se que as demonstrações contábeis, normalmente, estão baseadas em custos históricos, não atribuindo aos ativos seus valores correntes. A contabilização de acordo com o princípio de competência, associada com os conceitos da realização de receitas e da confrontação de despesas, torna a contabilidade desbalanceada com relação a alguns direcionadores de valor como o conceito do valor do dinheiro no tempo e do risco associado.

Existem várias operações que não são registradas nas demonstrações contábeis tradicionais, que entretanto, são muito relevantes para apuração do valor econômico de uma empresa, como operações de arrendamento mercantil, derivativos, garantias oferecidas, entre outras, além é claro, de grande parte dos chamados ativos intangíveis, em especial o Goodwill.

Apesar do avanço das técnicas contábeis, a contabilidade, registra suas transações por valores de entrada, e não valores de saída, porém, segundo MARTINS (2001,269), “O modelo de avaliação patrimonial contábil pode ser utilizado por empresas cujos ativos mensurados pelos princípios contábeis não divergem muito de seus valores de mercado e que não possuem um Goodwill significativo.”   Assim, apesar de suas limitações descritas, a situação contábil de uma empresa e em consequência, seu valor patrimonial, é uma informação útil, como ponto de partida para a análise econômica e financeira da empresa.

Como podemos te ajudar?

Contate-nos no escritório Real Brasil mais próximo de você ou nos envie uma mensagem solicitando contato.

Conheça mais sobre a Real Brasil